Abidan Henrique foi cassado por quebra de decoro e diz que irá recorrer a justiça

Por Cléo Ramos, exclusivo para o Portal O Alvo

Abidan foi cassado na última quarta-feira (28/02), sob alegação de quebra de decoro, o então vereador publicou um vídeo em suas redes sociais no dia 11 de outubro, no qual afirmou que os parlamentares “correram como ratos”.

 Na ocasião, Abidan planejava denunciar na tribuna supostas irregularidades de gastos feitos pela gestão municipal com um festival de música sertaneja, o Embu Contry Fest, mas a sessão foi cancelada por falta de quórum. 

Em nota Gilson Oliveira, presidente da Câmara se pronunciou informando que o motivo central da cassação foi o comportamento inadequado e ofensas proferidase ainda que o processo transcorreu de forma transparente e imparcial.

Na íntegra:

“Gostaria de começar fornecendo um resumo detalhado do processo de cassação que recentemente ocorreu em relação ao então vereador Abidan. É importante ressaltar que todo o processo seguiu rigorosamente o rito regimental, garantindo total condição à defesa do vereador em questão.

 O motivo central que levou à cassação foi o comportamento inadequado e as ofensas proferidas pelo ex-vereador Abidan. Suas declarações foram marcadas por frases extremamente pesadas e de cunho depreciativo em relação à instituição legislativa. É crucial ressaltar que essas ofensas não foram apenas dirigidas a indivíduos específicos, mas representaram uma afronta à própria instituição e, por conseguinte, ao povo que ela representa e à democracia como um todo.

 É importante enfatizar que o processo transcorreu de forma transparente e imparcial, ocorrendo estritamente dentro da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar, sem qualquer interferência externa. Isso garantiu que cada aspecto do caso fosse minuciosamente examinado, respeitando os princípios fundamentais da justiça e do devido processo legal.

 Em suma, a decisão de cassar o mandato do então vereador Abidan foi tomada com base em evidências substanciais e em consonância com os valores democráticos e éticos que regem nossa instituição. Estamos comprometidos em manter a integridade e a dignidade do nosso legislativo, assegurando que todos os representantes eleitos ajam de acordo com os mais altos padrões de conduta.” Gilson Oliveira

Abidan Henrique que já se envolveu em assuntos polêmicos, como no caso do GCM Clayton, onde o ex-parlamentar durante uma sessão ordinária, criticou a atuação do GCM, em uma tentativa de assalto que ocorreu na madrugada de 27/02/2023, no qual um idoso havia sido rendido por criminosos na Estrada dos Moraes, e com a intervenção do guarda municipal dois bandidos foram mortos. 

Em sua fala, Abidan alegou falta de politicas públicas para os jovens, e questionou o procedimento policial, que além de evitar o assalto, salvou a vida da vítima. De acordo com o ex-vereador: “Quem nasce na periferia sem essas oportunidades, só encontra na pistola e na biqueira uma forma de sobreviver, de ganhar dinheiro”. Fala que causou descontentamento em diversos internautas.

Foram 14 votos favoráveis a cassação, um voto contrário e uma abstenção. Além de recorrer a justiça para tentar reverter a cassação, Abidan deu início a uma petição pública.

15 Responses

    1. Parabéns aos que Votaram em Busca de uma representação cabível, o Vereador Abdam infelismente já tem algum tempo que vem proferindo palavras e atitudes contra a classe mais Baixa, sem Falar da falta de Respeito com alguns colegas de Trabalho. #RespeitoacimadeTudo

  1. Pra cima meu Presidente da Câmara e Vereador Gilson de Oliveira

    Que Deus abençoe e te livre de todo mal 🙏🏽🙏🏽

    #Gilsondeoliveira

  2. O ex vereador, cassado tem que aprender exercitar a democracia e não saí acusando quem quer que seja sem base sem postura. Chamar outra pessoa de rato isso é uma colocação subjetiva. Ou seja o que faz o rato além de comer lixo. Ele pega tudo aquilo que não é dele…esse vereador precisa melhorar e muito seu linguajar ruim e perverso..

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *